quarta-feira, 12 de maio de 2010

Parafuso na Cavidade do Filtro (Parafuso em la Cavidade del Tornillo)

Quatro paredes e o tremor indissociável ao corpo. O medo é o receio do vazio dos sonhos, comprometidos em pensamento, Máscaras cirúrgicas formulam hipóteses convictas nos moldes da atividade proficiente das mãos firmes e sinceras.


Por que tantas perguntas? Para que quaisquer olhares? A essa hora, sabe-se lá o que o amor da minha vida possa vislumbrar. Talvez vista branco e sobreponha a mão levemente em meu rosto, como sinal de apoio. Há dores que redimensionam o sentido das coisas e a hierarquia societária na concepção da realidade.


A agonia flutua pelos corredores da ajuda, clamando por socorro, no estapafúrdio destino daqueles ignorados pela própria inconsciência pública. O olhar social camufla as sensações que, por mais atinentes, corroboram o estado fluido do serviço de saúde nas esferas da Administração.


Tecendo uma abordagem genérica do comportamento humano frente aos desafios psicológicos e orgânicos, cumpre ressaltar a intensificação dos efeitos provocados pelo discernimento ao passo da evolução dos fatos cotidianos. Um drama vivido em família sucumbe enquanto evento, culminando no conflito com os próprios conceitos, espelhados na ausência de identificação com o outro.


Nada mais afável que aquele olhar castanho pela manhã... Queria, ao fim, por aquela companhia, poderia até aprender a falar mandarim... Nada como ter a Penha no meu coração! Mesmo que fosse longe. Deixar de ver um bem é esquecer que o Sol se pôs e que a esperança é o recomeço.


Perspectivas simultâneas desvelam o cuidado pessoal com os sentimentos alheios na contribuição mundana, permitindo o desenvolvimento e a aceleração das normas dispostas sob os auspícios da legalidade e da burocracia. As atribuições cognitivas cerceiam os valores consuetudinários, distribuídos à margem da conseqüência da magnitude dos nossos atos.


Felicidade


Alegria incontinente de caráter contínuo e inócuo, em cujas raízes são encontradas virtudes como bondade, ética e amor. Celebra os amigos com a alternativa inquietante do sopro da alma, ao passo que a recompensa vem à tona sem que se espera nada mais em troca.


Regula teus sonhos pela imagem de uma criança, guia tua vida pelos céus, azuis e límpidos, contemplando os ideais ao som da música predileta. Cultiva a força no próprio potencial. O destino aprimora o exercício de ações eficientes com o azo intencional.


Controla a função cerebral conforme os princípios estabelecidos pela fisiologia e medicina, sob a orientação fundamentada de profissionais responsáveis pela conduta aquiescente ao momento vigente. A lacuna predisposta entre as palavras, tidas inofensivas, separa o abismo do fio que encosta-se à navalha. Pára e respira. Você merece algo melhor. Nada é de tão mais. Carpe diem.